Aguarde, por favor...

Protocolos de Tratamento

PROTOCOLO DE SURDEZ SÚBITA


DEFINIÇÃO

A surdez súbita se caracteriza como uma surdez sensorioneural de aparecimento abrupto e sem causa conhecida.

A etiopatogenia da surdez súbita é desconhecida, sendo, portanto aventadas algumas hipóteses: a hipótese vascular é muito bem aceita, sendo comprovada em alguns estudos experimentais; a hipótese viral, também bastante reconhecida, tem sérias dificuldades na sua comprovação laboratorial; a hipótese auto-imune, mais recentemente relatada, tem o forte respaldo de estudos imunolaboratoriais a seu favor; finalmente, a hipótese de ruptura de membranas (teoria da fístula) vem perdendo terreno em função da sua difícil comprovação.

SINTOMAS

Seu acometimento é quase sempre unilateral, sendo acompanhada de zumbidos em aproximadamente 80 por cento dos casos e de tonturas em 30 por cento.


Programação

OXIGENOTERAPIA HIPERBÁRICA


Imediatamente após a reperfusão


Pressão de 2,5 ATA


Tempo de 90 a 120 minutos, conforme câmara monoplace ou multiplace


20 a 40 sessões, exceto se for ouvido único ou em situações de surdez bilateral


CRITÉRIO DE AVALIAÇÃO

  • Audiograma após 20 sessões:
    – Se melhora 100% – alta;
    – Se não recuperou nada e o audiograma é sobreponível ao primeiro também – alta;
    – Se melhora do paciente, mas a audiometria não corresponde ao que o paciente refere – realizar mais 10 sessões de OHB.
  • Caso a audiometria apresente pouca melhora – manter OHB, realizar audiometria de 10/10 sessões e realizar OHB até estabilizar o quadro clínico.

OUTROS PROTOCOLOS




logo-cmmh copy

Conforto e segurança para o seu paciente, tranquilade e confiança para você. Pioneiros em Oxigenoterapia Hiperbárica em Minas Gerais, com 16 anos de atividade, o Centro Mineiro de Medicina Hiperbárica oferece um trabalho de excelência e referência.

Centro Mineiro de Medicina HIperbárica, 2017. Todos os direitos reservados.